Notícia A Orquestra de Afectos chegou à EB Arquitecto Ribeiro Telles

A Orquestra de Afectos foi alargada ao Jardim de Infância da Escola EB Arquitecto Ribeiro Telles, do agrupamento de Benfica, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, no início deste ano.

Este projeto começou a ser implementado no Jardim de Infância da Escola Básica Amélia Vieira Luís, Oeiras, em 2017, e integrou a iniciativa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian, entre 2019 e 2022, agregando também os Jardins de Infância Tomás Ribeiro (Oeiras) e Alto do Moinho (Amadora). Desde a sua génese, há seis anos, foram impactadas mais de 1500 crianças, contribuindo para o fortalecimento da comunicação entre profissionais, crianças e famílias, para além da formação de competências emocionais, cognitivas e relacionais, em sessões onde a componente estética cria momentos de verdadeiro deslumbramento.

Muitas destas crianças transitaram para a Orquestra Geração, dando continuidade ao trabalho já iniciado no Jardim de Infância.

A Orquestra de Afectos continua presente nos Jardins de Infância do Agrupamento de Escolas Carnaxide-Portela (Amélia Vieira Luís e Tomás Ribeiro), com o apoio da Câmara Municipal de Oeiras, no Agrupamento Pintor Almada Negreiros e no Jardim de Infância Arq. Ribeiro Telles (Agrupamento de Benfica), com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, e ainda no Jardim de Infância Alto do Moinho e Miguel Torga.